Quando me apaixonei por Buenos Aires – parte 2

Continuando o diário de viagem, os dias três e quatro foram sensacionais. Gente, não vai dar para fazer tudo em só dois posts, portanto, teremos três. Para começar a parte dois, o lugar que mais gostei…

3º dia – A maravilhosa de San Telmo. Comecei o dia bem cedo e já usei a minha calça nova comprada no dia anterior #ansiosa. Me arrumei e fui tomar café em um lugar que já conhecia, a Pizzaria Império. Que delícia! No caminho, já me deparei com uma dupla tocando jazz em pleno metrô. A primeira (boa) surpresa do dia que me fez abrir um baita de um sorriso sozinha, aquele sorriso aberto que fiz “que privilégio viver isso”. Adoro quando isso acontece, acho que é o momento, mesmo inconsciente, de agradecermos pelo que estamos vivendo, sabe? E viajar é um dos melhores jeito de contemplamos esses pequenos e mágicos instantes. Peguei um ônibus e cheguei em San Telmo, um dos lugares que mais queria ir durante a viagem. Conheci procurando por dicas na internet, todo mundo falava muito bem da tal da Feira de San Telmo. Juro que depois de me decepcionar um pouco com a da Recoleta, estava apreensiva de acontecer a mesma coisa. Mas não! A feira de San Telmo é tudo o que falaram e muito muito mais. É imensa (tem umas 8 quadras de extensão) e tem tudo tudo tudo de mais legal no mundo: artesanato, antiguidades, artigos novos e o que mais amei: música boa no meio da rua. Para vocês terem uma noção, tinha uma orquestra que tocava tango maravilhosamente bem fazendo uma apresentação bem lá no vuco-vuco da feira. Fiquei meio de queixo caído vendo aquela coisa linda acontecer bem em um lugar que não esperava. Na verdade, em quase todo lugar eu ficava boquiaberta com tanta beleza, mas juro que moraria lá tranquilamente. O melhor de tudo é o preço, que é ótimo em todas as barracas que vi. Fiquei umas três horas por lá e ficaria bem mais, mas é bem cansativo ficar passeando por tanto tempo. Para usados, acho que o melhor lugar é na própria rua da feira, mas dentro do Mercado San Telmo, que tem vários stands bacanas. Foi lá que comprei a bolsa que falei aqui. A primeira foto é do Mercado, a segunda do meu almoço (com vinho, claro…só tô postando foto de bebida aqui, vocês vão me achar uma cachaceira). A terceira é meu café do amor, muito fofo…e a última da orquestra tocando tango no meio da rua, de arrepiar!

Lá comprei lembrancinhas de Buenos Aires, necessaires de couro lindas, imãs, camisetas e várias outras bugigangas que turistas adoram – e eu, obviamente, também. Tudo bem baratin e fofo. Dá pra ver aí na foto o estrago que foi né? O domingo terminou com uma ida ao El Ateneo – uma livraria que fica em um teatro restaurado e maravilhoso. De tirar o fôlego. Parei lá para um cafezinho antes de ir tomar um vinhozinho com alguns amigos de Londrina que encontrei. Um domingo maravilhoso. 

4º dia: Caminito, La Bombonera e outros. O quarto e penúltimo dia foi para conhecer alguns lugares que queria ir mas não tinha tido oportunidade antes. Falaram super bem do Caminito e fui. É realmente bem bonito e muito perto da Bombonera, o estádio do Boca. Vale o passeio para um dia mais tranquilo e é um lugar para turistas, com restaurantes e lojinhas. 

Na parte da tarde fui dar uma voltinha no shopping. Morar em Paraty me fez perceber que não preciso de shopping toda semana. Olha só o sapato que tem em todas as vitrines da cidade…um tênis com uma plataforma bem esquisita…vi algumas argentinas usando e, pelo menos nelas, não fica tão bizarro…mas eu não usaria. Escolhi o shopping Abasto e posso falar? Não estava mesmo no mood de comprar muito e só me encantei com esse casaquinho achanelado da Zara…o preço era BEM melhor que os da Zara no Brasil, uns 140 reais (369 pesos). Me arrependi mesmo….aff! Depois do shopping, fui com o pessoal de Londrina na Plaza de Mayo porque disseram que a Casa Rosada fica ainda mais bonita à noite e…é verdade. Bem linda! Depois disso, vinhozinho delícia e só cheguei no hotel duas da manhã…haja disposição. Precisava dormir pra aproveitar ao máximo meu último dia…amanhã vou postar sobre ele!

Beijo, Naiá

Anúncios

7 thoughts on “Quando me apaixonei por Buenos Aires – parte 2

  1. Adorei o post, Naiá! Adorei o look, primeiramente. E poxa, até eu me empolguei com essa ideia de viajar sozinha…

    Tô vendo uma caixinha roxa ali,, é Milka ne? Amo demais essa chocolate! Quero muitos! Rs..

    Beijo!

    • Bruuu, são alfajores da milka, sabia? iahasoihsoish eu não sou muito fã de alfajor, mas comprei uns de presente porque disseram que os alfajores da milka são bons! heheheeheh
      Eu já me empolguei com a ideia de viajar sozinha e tô embarcando pra uma SUPER aventura (super MEEEESMO) daqui uma semana! heheeheh
      Beiijo

  2. Naiá, tô amando o seu diário de viagem. Que cidade perfeita, né? Já estive em outros lugares, mas é pra lá que eu sempre tenho vontade de voltar. Já fui 3 vezes e sempre falta alguma coisa pra conhecer ou um lugar pra visitar, pq tem muito o que se ver! Doida pra ver o ultimo dia 😀

    • Lara, amanhã tem o último dia que também foi uma delícia! Que bom que está gostando…também acho que, a não ser que moremos na cidade, dificilmente conheceremos todos os lugares interessantes néw Beijo!!!

  3. Ohhhhh vtd de voltar viu? Ainda quero me programar pra ir com mais $ e por mais tempo. Quero conhecer a feira de São Telmo, que eu não conheci, pq cheguei no domingo de madrugada… =/

    Mas eu lendo vc falando da dupla no metrô, acredita que eu senti a msm coisa qdo andei de metrô por lá! Sei lá, tava rindo de besta!!!! Acho que tds os argentinos estavam pensando que eu era LOKAAA! Mas eu adorei passear por lá… O metrô com estofado de veludo, os ônibus tds decorados… Achei mto legal, mas da próxima vez quero passear, turistar em locais não turísticos, mas de quem mora por lá… =)

    E vem cá!!!! Eu não conheci essa livraria/café/teatro! Quero muiiitoooo conhecer, que lugar mais lindo! =)

    E esses sapatos??? PELOAMORDEDEUSSSSS! Achei caro e feio d+!

  4. Aaaii adorei seu blog. Vou p/ Buenos em Janeiro com o meu boyfriend e pretendo ir p/ vários lugares. Ouvi falar muito mal do centro durante a noite, mas vi que tirou uma foto em frente a Casa Rosada de noite, o que faz parecer que não é tão perigoso como dizem. Pretendo ficar no centro, vou ficar uma semana na cidade e quero conhecer tuuudo que eu puder.
    Uma fofa em dividir conosco sua experiência!
    Parabéns pelo blog

    • Oi Priscila! Então, Buenos Aires é como São Paulo, não pode bobear, sabe? Andei sozinha a maior parte do tempo e realmente foi muito tranquilo, mas estava sempre de olho na bolsa e preocupada com o que estava acontecendo ao meu redor. Mas é muito mais tranquilo que eu imaginava, pode ficar tranquila! Só não fica dando sopa que você vai ver como é sussa. Você vai amarrrrrrrrrrr a viagem, tenho certeza! Beijãoooo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s