Compras de make em Buenos

Decidi que iria renovar um pouco meu estoque maquiagem na viagem pra Buenos Aires. Além de super baratas, fazia um tempão que não comprava algo novo pra minha necessaire. A Fê, amiga da minha irmã e quase uma local por lá, me indicou um lugar que realmente fez a minha alegria na cidade: a Farmacity. Dito e feito,  era impossível passar um dia sem dar uma passadinha na farmácia que está espalhada por todos os cantos da capital argentina. Às vezes, passava horas por lá e nem percebia. E agora vou mostrar o que escolhi, não foi tanta coisa, mas acho inútil ficar comprando um milhão de coisas sendo que tenho outras que servem para a mesma finalidade em casa. Comprei itens que gostei e que estavam acabando e outros que ainda não tinha:

1. A única compra do freeshop foi esse blot da MAC, um dos itens que mais amo da marca, tipo um pó finalizador que tira o brilho de oleosidade da pele. Nunca achei um produto similar e mais barato, portanto, sou fiel ao da MAC. Custou trinta dólares.

2. Rímel alongador – e de onça –  da marca própria da Farmacity. É bem ok e custou só 23 pesos (9 reais mais ou menos).

3. Rímel transparente comprado na loja Todo Moda, uma lojinha bem fofa de acessórios que tem em vários lugares na cidade. Custou 12 pesos (4 reais mais ou menos.

4 e 11. Sou tipo a pessoa mais viciada em balm do mundo. Como sempre tinha ouvido falar do Chapstick e nunca tinha visto pra comprar no Brasil, comprei logo três. Custaram 17 pesos cada um, cerca de 7 reais.

5. Rímel baratéx Great Lash da Maybelline que ainda não testei. Foi 30 pesos, uns 12 reais.

6. Lápis preto da marca própria da Farmacity, foi o item que menos curti. Bem fraquinho, sorte que foi baratinho: 20 pesos, que dá uns 9 reais.

7. Rímel (aloka do rímel, né?) da loja Todo Moda também. Foi 12 pesos, uns 4 realitos e é bonzinho viu.Todas as minhas máscaras estavam acabando, por isso fiz um mini estoque!

8. Bronzer da linha própria Farmacity que só usei uma vez e amei! Não estou muito acostumada a passar bronzer e comprei esse mais pra testar… custou 30 pesos que dá, mais ou menos, doze reais.

9. Amor por esse “corretivo que trata a pele” da Maybelline. Chama Instant Age Rewind – amo esses nomes escalafobéticos que prometem mundos e fundos em inglês – é levinho e estou adorando. Foi bem barato: 49 pesos que não dá nem 20 reais.

10. Sempre quis um corretivo amarelo e realizei esse sonho de vida (ô drama!) lá na Farmacity. Se não me engano, foi 36 pesos (quase 15 reais). Combinado com o corretivo número 9, tá sendo o salvador da minhas olheiras que andam sinistras.

Esqueci de colocar na montagem mas comprei um adstringente e uns lencinhos pra remover maquiagem que custaram uns 20 pesos cada um.

Acho que no final das contas gastei mais com presentinhos pro pessoal do que com coisas pra mim. É tão legal trazer presente de viagens e eu me empolgava tanto pensando as coisas que eram a cara de alguém ou como a pessoa ia gostar de ganhar. Mas comprei praticamente tudo o que queria de maquiagem, todos itens baratinhos e que uso no dia a dia.

Enfim, fui contida ou exagerei nas compras? hehehe

Naiá

5 thoughts on “Compras de make em Buenos

  1. Naiá…

    A tempos procurava um blog igual ao seu, com idéias para composições básicas, baratas e bonitas, sem deixar o charme e estilo de lado.

    Sempre gostei de fuçar em brechós, volta e meia encontro peças ótimas, com preço super acessível e que combinam comigo.

    Parabéns pela sua dedicação ao blog e principalmente a iniciativa, ao incentivo a compra de peças em brechós.

    Um abraço, da sua mais nova leitora!!

    Nandi

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s