E como vim parar em Londres…

Opa, não sabia que a minha viagem para Londres e como cheguei aqui seriam razão de vários emails, comentários, perguntas…pois bem, decidi esclarecer algumas coisas pra não ficar confuso todo o processo até chegar na terra da rainha.

photo (36)

Pra começar, a viagem não estava programada há muito tempo, embora fizesse parte de um sonho antigo de vir morar aqui (como fez minha tia, mais de 20 anos atrás e minha irmã, há alguns anos…). A ideia era vir depois de formada e, assim que me graduei, comecei a pensar no assunto. Mas só decidi mesmo vir no começo de agosto, dois meses antes de chegar aqui. No começo eu ficaria seis meses mas decidi marcar a passagem para ficar quatro meses e depois pensar se ficaria mais…hoje, passados quase dois meses em Londres, acho quatro meses pouco…acho seis meses a um ano um período excelente em relação ao inglês e a vida em Londres, já que demora mais ou menos umas 6 semanas para completar a fase de adaptação.

Depois de decidido, foi a vez de comprar a passagem. Comprei dois meses antes e deu tempo pra deixar tudo arrumado, agendar a renovação do passaporte e comprar o que faltava. Na verdade, hoje vejo que não é preciso trazer muita coisa, mas aquela história que falam que é tudo MUITO barato em Londres não é bem verdade. Por quê? Primeiro que a libra é supervalorizada em relação ao real e cada ‘pound’ custa R$3,5. Pois é. Segundo que as lojas mais baratas – claro, a principal delas é a Primark – não é vendem produtos de extrema qualidade e não tem só coisa interessante… Amo comprar na Primark, vou toda semana mas certas coisas não dá. O que é bacana da loja são: lenços, cachecóis, luvas, gorros, meia calça em geral, pijamas, cama, mesa e banho, regatinhas básicas, lingeries, alguns acessórios. De resto, como sapatos, casacos e quando queremos roupas mais ‘bem feitas’, lá não é o melhor lugar para comprar pelo acabamento e qualidade, que não são de primeira. Mas isso não quer dizer que lá não tenha.

E, se você quiser comprar alguma coisa mais ‘trendy’ e de melhor qualidade, que seja H&M (amor ♥) Topshop ou Zara. A H&M é incrível e os preços são os mais bacanas, cerca de 15 pounds mais ou menos. Já na Zara e Topshop, uma calça custa, por exemplo, 40 libras (quase 150 reais) o que não é um preço nada camarada se comparado aos brasileiros, né? Enfim, quando vierem, se liguem nisso! Ah, aqui maquiagem tem preço bacana também, vale dar uma passada na Boots e ver as promocões (tipo compre cois produtos e ganhe o terceiro ou algo do tipo).

Para quem não quer torrar seus lindos pounds e não tem condição de ficar aqui alguns meses só passeando – meu caso…- a solução é procurar um trabalho: aqui em Londres eles são bem rígidos com essa questão e só trabalham legalizados: europeus ou com visto de trabalho. Um tempinho atrás era permitido aos estudantes trabalhar meio período mas eles cortaram, portanto, não-legalizados e estudantes não podem trabalhar aqui – existem os ilegais, mas daí não indico de jeito nenhum. Só estou trabalhando porque tenho dupla cidadania, brasileira e italiana.

A questão do dinheiro também gerou muitas questões: quanto trazer? Pelas minhas contas, uma pessoa gasta, sem muito luxo, cozinhando e tudo mais- uns 900 pounds mensais – com casa, transporte, alimentação e um pouco de diversão. Portanto, se você estiver planejando vir e, como eu, vai ter que se bancar por algumas semanas sem receber, essa é a conta média a se fazer. A coisa muda se você for ficar, por exemplo, em um hostel, cuja diária chega aos 20 pounds por dia e não dá pra cozinhar, portanto, tudo sobe.

Já no segundo dia de Londres achei minha casa – bem localizada, com o quarto single como eu queria e confortável por cerca de 100 pounds semanais. Já o emprego, trabalho na Bershka, uma loja de roupas da mesma rede da famosa Zara, chamada Inditex e consegui, num golpe de sorte, logo no fim da primeira semana aqui.

E aí, deu pra esclarecer algumas coisas?

Beijos! Naiá

Riscando da wish list: Chelsea Boots

photo (34)

É, se existem alguns “hits de Londres”, com certeza as famosas Chelsea Boots estão entre eles. Opa, não sabe o que é? Relaxa porque eu também não sabia. Só via nos pezinhos das meninas mais estilosas pelas ruas e sabia que era meu tipo de bota preferido: cano curto, sem salto, de couro e preta. No Brasil, em vez do nome chiquetoso de Chelsea, já vou logo chamando de botinha do Chico Bento mesmo, porque elas parecem – e muito! – aquelas botinhas da minha infância.

Comprei há menos de uma semana na Urban Outfitters e já não largo mais. São confortáveis – esse saltinho pequeno é mais fácil de aguentar por horas do que um All Star. Foi a primeira coisa que ‘me dei’ de presente depois de receber o primeiro salário…custava 75 libras mas teve um desconto de 20% e saiu por 60. Não é barato, é o preço básico de uma bota no brasil (em média uns 200 reais) mas com certeza valeu a pena.. Ah…e a Urban Outfitters…que amor! Tô apaixonada pela loja e, se pudesse, torraria todo meu dinheirinho lá. Tem várias espalhadas por Londres mas, para minha (in)felicidade, vai abrir uma DO LADO do meu trabalho…ai meu poundinhos viu!

photo (35)Sei que muita gente já conhecia e, para os brasileiros, falar de bota no calor absurdo que tá fazendo aí é insanidade, né? Mas é uma dica boa para o próximo inverno, tenho certeza que as Chelsea vão bombar.

Beijo, Naiá

 

Look do dia: um ‘up’ no uniforme

Oi meninas! A vida aqui em Londres continua corrida…estou trabalhando bastante na Bershka e beeem cansada. Mas não dá pra culpar o cansaço na hora de me arrumar e decidi dar uma incrementada no uniforme de trabalho. O look é direto do espelho da loja pra vocês. Aqui geralmente nos montamos em camadas e várias peças acabam entrando no look inverno. O meu item preferido dos últimos dias é a nova peça que comprei como uniforme na Bershka: o jumper com spikes que é mega coringa e dá uma super diferença. Amando demais! Pra incrementar o look sóbrio, rolou uma sobreposição de uma meia mais compridinha usada acima da bota…tô adorando esse truque! Meu próximo passo vai ser comprar uma over knee e usar, veremos.

A verdade é que o look é composto, basicamente, por peças de brechó e da Primark. Pra quem não conhece, a Primark – a famoooosa! – é uma das loja mais populares de Londres e tem coisas mega baratas.Tem várias espalhadas pela cidade, vive lotada e é o point principal dos turistas…acredito que receba mais gente que os principais pontos turísticos daqui viu? hahaha

Tem camisas por 6 libras, colares por 4, bolsas por 10…uma LOUCURA. A parte ruim é que trabalho do lado da maior Primark de Londres e isso significa que todo tempo livre que tenho dou uma passadinha por lá. Em uma dessas passadinhas comprei essa bolsa…a cor é incrível, o modelo é ótimo – meio baú, com alça que mistura correntes e o material da própria bolsa – e o melhor: o tamanho é excelente. Tudo isso por 9 pounds, AMOR, AMOR! photo (28)

Versão um: o que usei durante o dia no trabalho. photo (29)

Versão dois: encapotada pra sair no frio insano que fez em Londres. photo (27)

photo (30)

Suéter: Bershka

Shorts: The Jeans Boutique (Londrina)

Meia calça: Primark (2 libras)

Bolsa: Primark (9 libras)

Casaco: Brechó British Heart Foundation (127 Kings Strett, no bairro de Hammersmith, em Londres) 7 libras!

Gorro: British Heart Foundation (3 libras)

Cachecol: Primark (4 libras)

Bota: Zara (Brasil)

No post dos uniformes comentaram que faltou uma ‘cor’. Realmente faltou mas gente, aqui, principalmente no inverno, o preto reina absoluto. Isso é bem diferente do Brasil, apesar de eu amar preto, mas aqui geralmente as pessoas usam looks quase completamente em preto variando os tecidos e texturas. A cor fica por conta de um batom, um acessório que dê uma alegrada mas, de fato, preto é muito coringa no inverno e vai com tudo. Tentei dar uma incrementada num look que, certamente, seria com uma meia calça opaca em vez da meia calça de poás. O que acharam? Gostaram?

Naiá

Os uniformes de trabalho de Londres

Às vezes me pego pensando que em muitas coisas aqui em Londres dei uma super sorte. Contei para vocês que estou trabalhando na Bershka, né? É uma loja bem “trendy” da mesma companhia da Zara (e de outras marcas mais conhecidas por aqui, como Massimo Dutti, Pull & Bear, Stradvarius e também a Zara Home, claro). Aqui na Europa a loja é conhecida mas acredito que tenha um estilo um pouco “too much” para o Brasil, sabe? Gosto das peças de lá mas prefiro o básico trendy da Zara em vez do “mais é mais” da Bershka. Mas enfim, acredito que dei sorte trabalhando lá porque, ao contrário da Zara, em que os funcionários usam terninhos nada modernos e bem sem graça, nós somos obrigados a usar as peças da loja para trabalhar. Para tal, ganhamos um vale de 200 libras pra usar na loja para comprar nosso uniforme…a regra principal é não escolher peças lisas ou de apenas uma cor e preferir os itens mais aparecidos, para chamar a atenção dos clientes da loja. Perfeito, né? Bom, ainda não gastei todo o meu limite – eles pedem pra gente não torrar tudo na primeira semana porque antes do Natal chegam peças novas – e gastei só metade. Decidi mostrar para vocês algumas peças que comprei e, assim que torrar tudo, termino de mostrar o que escolhi.

A peça preferida: calça de onça. Ela é estampada só na frente e eu adorei! Veste meeega bem mas não foi barata…40 libras.

Maxi colar por £10.

 

 

Camisa preta transparente com detalhes em dourado por 20 libras

 

 

Saia com tecido em textura floral por 16 libras

Por último a camiseta com a cruz em paetê (aqui só tem camiseta com cruz…impressionante!) por 20 pounds também.

O total ficou em 105 pounds e acho que fiz compras bacanas…minhas próximas aquisições acho que serão um vestido, um suéter e uma calça burgundy…veremos!

Gostaram das minhas escolhas? Quero a opinião de vocês hein?

Beijos londrinos,

Naiá

 

Primeiras compras de Londres

Oi meninas! Estou um pouco sumida mas, assim que tudo ficar normal por aqui prometo aparecer com várias dicas da Inglaterra pra vocês! Enquanto não arranjo um emprego, estou comprando pouca coisa mas não resisto àquelas coisinhas baratas e fofas, né?

Vou mostrar um pouco dos itens baratinhos daqui:

 

Já falei no outro post que sou viciada na loja “Poundland”, né? Todos os itens foram comprados por 1 pound (1 libra, R$3.60) Só o balm rosa não é da Poundland, é da Boots, mas também custou 1 libra.

Vocês acreditam que comprei produtos ‘genéricos’ dos da benefit por R$3,50? Esse blush líquido é bem parecido com o da Benefit e o iluminador ainda não testei! E esse bronzeador em bolinha? Bafo! Estou adorando e me sentindo “a bronzeada” aqui. O shampoo da Swarzploft (não consigo pronunciar Schwarzkopf nem por decreto) também foi 1 pound, ô beleza! Já testei e é bom demaaaaaaaaaais!

Já comprei algumas coisas nos brechós e logo posto aqui pra vocês! Ainda estou acostumando a postar daqui, portanto, por favor, perdoem!

Beijo, Naiá

 

Look de ontem: de calça rosa

Hoje é meu último look do dia tendo como cenário – lindo, por sinal – o centro histórico de Paraty. Vou mudar daqui e já sinto saudade do céu azul e do colorido das casas por ali. Morar na casa dos meus pais tem desses privilégios, entre tantos outros, de viver em uma cidade tão bacana quanto Paraty. Mas, deixando a nostalgia de lado, fazia um tempinho que um look do dia não aparecia no blog. Decidi, apesar do calor, vestir minha calça “rosa” (ainda estou teorizando sobre a cor da calça, se é um pastel, um neon, um salmão ou tudo junto e misturado). Apesar de não usar peças românticas com frequência – passo longe de um babado, renda ou modelagem muito menininha – já usei muito a calça e a cor é bem fácil de combinar e, diferente do que eu imaginava, não destoa tanto do meu estilo assim. E ainda por cima montei, sem querer, um look basicamente feito com peças de brechó 😉

Calça – Loja La Luna (Buenos Aires) R$90
Blusa – Brechó da Adriana (Paraty) R$1
Cinto – Brechó da Adriana (Paraty) R$1
Bolsa – Stands de usados do Mercado de San Telmo (Buenos Aires) R$35
Rasteira – Brechó virtual Guarda-roupa da Lu (que, aparentemente, não existe mais) R$50

Mais um look simples de tudo e com peças que podem ser achadas em qualquer lugar, principalmente nos brechós.

Looks da semana – pretinhos básicos e esquecidos

Olhando a pasta em que salvo as fotos, reparei que esqueci de postar alguns looks. São meio sem graça e bem mais básicos que o normal por isso separei como pretinhos básicos. Adoro usar produções quase totalmente em preto quando estou sem inspiração ou estou com pressa para me arrumar. E vocês, possuem alguma saída para esses dias em que dá branco e nada fica bom?

Look pra ir jantar com os meus pais em Paraty. Só achei que faltou um colar ou um cinto mas na hora não achei nada que ficasse bom.

Camisa de seda Brechó Lupércio Luppi Londrina R$1 • Saia Brechó Capricho à Toa SP (dá pra ver melhor aqui!) R$29 • Bolsa Brechó UNIBES (SP) R$9 • Trench coat Brechó Av. Mascote (SP) R$25 • Sapatilha Ballasox.Look pra viajar: Wet legging (esqueci o nome da loja) R$40 • Blusa C&A R$9,90 • Cardigan Zoomp (de 1900 e bolinha!) • Bolsa Brechó da Catedral (Londrina) R$5 • Bota Zara. Esse foi usado durante o feriado para sair com a irmã.

Vestido Brechó da Adriana R$2 • Cinto Renner • Cardigan Zara • Bolsa Brechó Catedral (Londrina) • Bota Zara

E o look da terça-feira para derreter pelas ruas de Paraty. Não era inverno em setembro antes? heheheh Shorts Brechó da Igreja São Francisco (Paraty) R$3 • Camisa Brechó Lupércio Luppi (Londrina) R$1 •Rasteira C&A R$39 (acho!) • Bolsa AC Brazil.

Meninas, estou viajando e não trouxe o computador. Mas vou responder os comentários assim que der, ok? Não me abandonem!

Naiá

Achados da leitora: Veruska Martins

Mais achados da leitora no arrr! A leitora de hoje já mandou seus achados uma vez lá no comecinho do blog, lembram? Além de linda, a Veruska Martins tem um super bom gosto. E um blog mega fofo! Entrem lá e confiram…eu sou leitora assídua. Pois bem, na primeira vez que ela mandou os achados tinha dito que não sabia de brechós na cidade dela, Mandaguari (PR) e tinha comprado as peças de uma costureira que vende algumas coisinhas. A questão é que ela achou alguns brechós bem bacanas e decidiu compartilhar a dica com a gente. Vamos ver?

Blazer lindo vermelho…amei. A Veruska pagou R$20 nele e ficou certinho, né? Não duvidaria se ela disesse que comprou em uma loja…novinho. 

E o blazer camelo, babem, é Dior! Ficou lindo lindo e também custou R$20. Foi comprado em uma loja que vende itens novos e algumas peças usadas. A loja é essa aqui ó:

Fica na avenida Amazonas, a principal da cidade. A Veruska disse que é bem fácil de achar e com a foto fica ainda mais fácil. 

E tchadã: olhem só que calça mais linda e super atual. Flare bem sutil por apenas R$10. Incrível. Jaqueta jeans fofíssima por R$5. E mais uma calça por R$10. As peças foram compradas no Brechó da Rose, que é enorme e cheio de peças bacanas:O Brechó fica rua de trás da loja Romagnole, no centro de Mandaguari.

Amei amei e amei os looks e as escolhas da Veruska. E vocês, amaram também né? Me contem!

Para quem quiser mandar seus achados ou esclarecer alguma dúvida. o email é o modapossivelblog@gmail.com 

Naiá

Look do dia: quase tudo por R$30

Eu ♥ cinza mescla. Precisava confessar. Essa blusa de manga longa então, acho que nem paixão é mais. Virou amor. Porque o mescla é clássico, é sóbrio, mas mesmo assim mais iluminado que o preto. Concordam? Acho que vai bem no inverno, no verão e em todas as estações. É das cores que predomina meu armário por combinar com tudo (tô pra achar uma cor ou estampa que não fique boa com o tal do mescla). Então hoje apresento a vocês minha blusa preferida dos últimos tempos…e o melhor: ela só custou R$19,90.

O look todo de hoje (fora as sapatilhas e o óculos) custou só R$30! Bom, né?

Toda boba mostrando meu lenço novo. Esse Guilherme me conhece muito bem, porque eu amei! Thanks, Gui, saudade!

Saia – Brechó da Avenida Mascote (São Paulo) R$4
Blusa – Renner R$19,90
Cinto – Brechó da Adriana (Paraty) R$1
Bolsa – Datelli no Brechó da Catedral (Londrina) R$5
Sapatilha – Ballasox
Óculos Ray Ban – Brechó Boutique Vintage (São Paulo) R$70
Lenço de seda – LINDO! Presente do meu super amigo Gui direto da Índia. Perfeito!

Alguém aí compartilha comigo um amor pelo cinza mescla?

Naiá

Look do dia: navy de brechó por R$24

Oi meninas! Voltei! Fiquei alguns dias dando um tempo do computador – e, confesso, vestindo a roupa mais confortável do armário – aproveitando o feriado com a família e curtindo minha irmãzinha que veio para Paraty. Não ando muito inspirada para me vestir mas, como fomos almoçar no domingo, coloquei uma roupa mais arrumadinha e decidi fotografar o look meio navy de ontem. Como sempre, um look simples…

 

 

Camisa – Brechó Euromodas (Londrina) R$15
Shorts – Brechó Igreja São Francisco (Paraty) R$3
Cinto Brechó Avenida Mascote (São Paulo) R$6
Bolsa AC Brazil
Sapatilha Ballasox

Espero que gostem!

Naiá

Os looks da semana

Segunda-feira é dia dos looks casuais da semana. Confesso que não estava muito inspirada para me vestir esses dias, tive uma mini crise com o meu armário: faltam calças mais coloridas, estampadas, um maxi colar bonito…enfim. Mas tenho que ter foco para viajar! Foco, foco foco…ai ai!

No fim das contas, curti o resultado final das produções. E acabei fazendo uma reflexão: acho interessante nos contentarmos com as peças que temos no armário e não ficar sempre achando que estão faltando mil coisas, que não temos nada para vestir e que torrar nas compras seria a salvação. Não é. E às vezes a dor de cabeça de ter gastado demais supera a felicidade em ter comprado peças novas. Quando temos um armário inteligente (traduzindo: peças clássicas e funcionais + alguns itens que fazem a diferença, como estampas e determinadas ‘tendências’), não é preciso comprar muita coisa, é só lembrar daqueles itens mais antigos e esquecidos no fundo da gaveta. Em tempos de redução de gastos, não podemos deixar de pensar no que realmente é necessário e o que é supérfluo.

Look de quinta: Calça Zara • Blusa Hering (presente) • Casaco C&A • Bolsa Brechó da Adriana (Paraty) • Sapatilha Ballasox

E, durante a minha crise com o armário, desejando uma calça diferente, lembrei que tinha uma burgundy guardadinha! Incrível como, na ânsia por novas compras, nos esquecemos do que temos, né? Hunf!

Blusa Brechó UNIBES (São Paulo) • Calça burgundy Loja Sul Center (Londrina) • Trench Coat Brechó da Av. Mascote (São Paulo) • Sapatilha Ballasox • Bolsa Moss

E o namorado chegou na sexta-feira e revirei o armário para achar alguma coisa legal pra vestir. Não achei. Daí fui no clássico, com o cardigan de onça que só não é usado quando está lavando…o look é quase todo de brechó:

Blusa preta Brechó Augusta (São Paulo) • Cardigan onça loja KSV Fashion (Bom Retiro, São Paulo).• Saia brechó da Irene (Em Bauru, na Avenida Rodrigues Alves, entre Saint Martin e Araújo Leite) • Bota Brechó Madre Leônia (Londrina) • Bolsa (mesma do primeiro look!) Brechó da Adriana (Paraty).

E, por fim, o look do sábado: Saia Zoomp (só dá ela aqui no blog…só uso a bichinha! • Blusa de caveira comprada no Bom Retiro • Cardigan onça do Bom Retiro também (loja KSV Fashion) • Cinto Brechó da Av. Mascote (São Paulo) • Bolsa Brechó Catedral (Londrina) • Bota Brechó Madre Leônia (Londrina).

Tudo bem simples! Gostaram?

Naiá

Brechó em São Paulo: B. Luxo

Mudar o conceito que as pessoas tem dos brechós é o meu principal objetivo com o blog. E alguns lugares me inspiram e fazem com que eu veja que isso não é uma utopia, que realmente é possível. E foi o caso do brechó B. Luxo, um lugar lindo, infinitamente bem decorado, inspirador, parece que é um lugar que não faz parte do mundo real, sabem? Tenho me encantado cada vez mais por decoração, algo que acho que tenha tudo a ver com moda.

Então tirei várias fotos do B. Luxo para vocês se sentirem como se estivessem lá. Bora conhecer um pouco mais o brechó mais lindo do mundo?

Tudo é de babar. Dá vontade de comprar até os objetos de decoração (que não estão à venda, hunf!). Mas, como tudo na vida, esse ambiente incrível tem um porém. O preço é bem alto perto dos brechós que vou e também muito alto se comparado aos brechós de São Paulo, como o Jolie Brechó e o Capricho à Toa, brechós que cobram, em média, entre R$30 e R$40 peças como saias e blusas. O brechó está localizado na Rua Augusta, em um bairro nobre de São Paulo, os Jardins. A média das peças é uns R$90 para camisas, óculos custam cerca de R$150 e casacos entre R$100 e R$200. Preços parecidos com o das lojas de departamento como C&A, Renner e afins. Lógico que nessas lojas você pode comprar peças novas, mas um brechó como o B. Luxo tem peças que são quase impossíveis de achar igual por aí, o que não acontece nas lojas de departamento, fácil fácil a gente encontra alguém com a mesma estampa e até a mesma peça. As peças do brechó são garimpadas de vários lugares, tanto do Brasil quanto de fora, então são itens exclusivos e muito originais. É tudo super selecionado e em excelente estado, então cabe ao comprador decidir se a peça vale o preço. O vendedor que estava lá era um amor, super atencioso e educado. Acabei não comprando nada (novamente, a contenção de despesas para as viagens…) mas vou mostrar duas coisas que adorei e que balançaram meu coração:Óculos redondinhos à lá John Lennon que adorei mãs, gente, 140 reais pra mim é demais por um óculos que não é original. Agora estou procurando um original e antiguinho. Essa camisa foi paixão demais…só não levei mesmo porque estou comprando só o que preciso para viajar. Custava R$89 (acho!) e era bem bonita. As peças lá são bem diferentes do que vemos por aí, as camisas acredito que sejam os itens que mais valem o preço cobrado, não necessariamente para brechós, mas algumas são tão diferentes e únicas que não acho tão absurdo.

Resumindo: o lugar é incrível, o atendimento é ótimo (adorei o vendedor, um fofo!) mas preço é de loja, não de brechó. Você paga pela exclusividade das peças e pelo bom estado de conservação em que se encontram. Se você é daquele tipo que ama um brechó hiper barato, esse não é o lugar. Mas vale a visita se você estiver passando pela Rua Augusta e quiser dar uma olhada em um local que mais parece uma exposição de arte de tão lindo.

O Brechó B. Luxo fica na Rua Augusta, número 2393, nos Jardins em São Paulo. Para contato, o telefone é o (11) 3062-6479 e o email deles é o b.luxovintage@gmail.com

Beijo, Naiá

Muito obrigada!

Quando o aniversário vai chegando a gente fica tão sentimental, né? E, no meio de tantas reflexões por mais um ano da nossa vida que está começando (ou chegando ao fim, dependendo do ponto de vista), estou aqui para agradecer. O ano de 2012 acredito que tenha sido o ano mais importante da minha vida. Ano de finalmente me tornar jornalista, deixar Londrina, decidir o meu futuro e, claro, o primeiro ano que passei fazendo uma coisa que me faz muito feliz, o blog. Então, o dia é de dizer muito obrigada.

Agradecer todas as pessoas que passam por aqui diariamente. As que passam correndo e não podem comentar. As que só dão uma olhadinha para saber as novidades. Aos leitores nem tão constantes, mas que vez ou outra se lembram do MP. Aquelas que acompanham o blog, comentam, que dão sua opinião, participam. Pessoas que, mesmo por um instante, conseguem enxergar a minha visão da vida, das coisas e, claro, da moda. Pessoas que apesar de não me conhecerem pessoalmente (a grande maioria), talvez até me conheçam muito melhor do que alguns dos meus amigos. Sem vocês, leitores e leitoras, o blog não seria NADA. Nada mesmo, porque, convenhamos, ninguém escreve para não ser lido. E ter vocês por aqui é maravilhoso. Então hoje, véspera do dia em que completo 24 anos, ter vocês por aqui é um presente dos mais especiais. Obrigada pela companhia. 

Beijo ♥

Naiá

Looks da semana

Antes eu andava meio relutante em postar os ‘looks da semana’ por eles serem muito básicos e casuais. Mas, depois da resposta que tive na semana passada dizendo que vocês adoram as produções mais “vida real”, fiquei super feliz e ainda mais empolgada para postá-las. Essa semana eu estava toda trabalhada na estampa de onça…postei aquele look na quinta-feira de cardigan de oncinha e ainda usei onça em quase todos os looks dessa semana. O pior: só fui perceber isso agora, quando fui postar as fotos…ai ai!

Foto horrível no espelho da C&A. Esse look foi usado em São Paulo há uns 10 dias mas tinha esquecido de postar…olha a onça aí no slipper…

Saia Zoomp • Blusa preta Brechó Euromodas (Londrina) • Bolsa Moss • Cardigan Zara • Colar C&A •  Batom da linha intense matte do Boticário (cor 330)O look da terça quase todo da Renner! Shorts Renner •  Cinto Renner • Blusa Renner • Bolsa Brechó Catedral (Londrina) • Sapatilha BallasoxEsse foi um look bem básico que usei na quarta-feira e adorei…olha aí a onça mais uma vez! Blusa Marisa • Saia Brechó Lupércio Luppi (Londrina) • Bolsa Brechó Catedral (Londrina) • Sapatilha BallasoxCalça Zara • Blusa de brechó roubada da irmã • Bolsa brechó Catedral (Londrina) • Sapatilha Ballasox.

Espero que gostem!

Beijos, Naiá

Ps: Para quem tem instagram, o meu é o @naiaaiello. 

Meus essenciais de beleza

Hoje a dica não tem nada a ver com moda e nem com brechós. Apesar de o blog se chamar Moda Possível, acho interessante conversarmos sobre o universo feminino em geral, principalmente de produtos mais acessíveis, sejam eles de moda ou de beleza. Uso há algum tempo quatro produtos super baratos e funcionais que decidi dividir com vocês meus preferidos. Muita gente já conhece e usa esses produtos no dia a dia, mas talvez tenha alguém que não conheça e possa aproveitar a dica:

1. Lápis 6B para corrigir sobrancelhas: é um dos primeiros itens que coloco na minha necessaire de viagem. O aspecto fica super natural, é prático e o lápis dura uma eternidade – uso o meu há uns dois anos e ele acho que vai durar mais uns trinta. Custou cerca de um real.

2. Creme de tratamento noturno. Levanta a mão quem não tem a menor paciência para fazer hidratação toda semana? Por isso adoro aquelas ampolas de tratamento que levam só alguns minutos para fazer efeito, acho mega prático. O tratamento noturno também é super prático porque age enquanto dormimos e, depois de lavar o cabelo pela manhã sinto uma diferença incrível, muito mais macio. Parece que cortei as pontas do cabelo de tão hidratadas que elas ficam. Sempre passo da metade do cabelo para baixo, focando nas pontas, só que preciso passar quase 10 vezes a quantidade especificada na embalagem. Atualmente estou usando esse da Elsève, mas já testei outras marcas e o efeito é o mesmo. Custa uns R$11.

3. Gel creme hidratante facial da Avon. Sou super chata com cremes de rosto, se fica aquele aspecto oleoso e melado não uso de jeito nenhum. Na embalagem eles utilizam duas palavras que me atraem em produtos para o rosto: ‘oil free’ e ‘fresh’. Usei um dia na casa da minha irmã e adorei a textura, seca rápido e rende muito. O melhor de tudo é o preço, custou R$10.

4. Shampoo Johnson’s amarelo: para lavar o rosto e tirar a maquiagem. Vi essa dica no blog Dia de Beauté há uns dois anos e, desde então, nunca mais parei de usar. Não arde os olhos, tira o rímel (só não tira completamente os à prova d’água) e é bem baratéx, cerca de R$8.

E vocês, possuem algum segredo de beleza super em conta? Quero saber!

Naiá

Eu ♥ sapatilhas!

Quem acompanha o blog sabe da minha adoração por sapatos baixos. Amo botas baixas, rasteiras, slippers e, claro, as sapatilhas, que fazem parte de pelo menos metade dos meus looks diários. Dificilmente uso salto (só em ocasiões mega especiais) e vou até para a balada de sapatilha. Porque não tem coisa pior do que um sapato desconfortável, me dá um mau humor terrível!

Por isso fiquei super feliz com a primeira parceira do blog, a marca Ballasox.  A marca junta duas das coisas mais importantes para um sapato: conforto e beleza. Escolhi três modelos e me apaixonei logo que recebi. Elas vem em um saquinho da cor da sapatilha, o que é ótimo para guardar e identificar, são dobráveis e ideais para viajar. Olhem só que lindas:Escolhi a amarela porque estava há tempos sonhando com uma sapatilha da cor e não podia ter escolhido  melhor: ela é exatamente no tom que queria. Sabe aquele sapato que faltava no armário para tirar a monotonia dos looks? Então! Já a  dourada  aquela cor que deixa o look instantaneamente mais chique. E os metalizados estão com tudo. E, por último, a mais curinga de todas: a preta. Adoro sapatilhas pretas porque vão com tudo, principalmente no inverno, amo usar com meia-calça!

Ah, para quem não me acompanha no instagram (@naiaaiello, segue lá), postei foto das três belezinhas no pé:  Para contar para vocês da minha experiência, meu pé é super chato com qualquer sapato (quase todos fazem bolhas) mas hoje usei a amarela (♥) o dia inteiro e ela é realmente super confortável, não machucou em lugar algum. As três serão minhas companheiras nas próximas viagens com certeza.

Existem diversos modelos, cores e estampas lá no site. Escolhi o modelo mais básico pois adoro e acho super difícil achar esse modelo liso e sem muitos detalhes (a-m-o coisas básicas, vocês já perceberam né?). Ah, o mais legal de tudo é que dá pra comprar online pela loja virtual. Escolhi o meu número mesmo (38) e não tive problemas de numeração, ficou perfeito.

Ainda aparecerão muitos looks com elas por aqui, aguardem.

Qual a preferida de vocês?

Naiá

Os looks da semana

A semana começou e nada melhor do que alguns looks casuais, né não? Trouxe aqui alguns looks usados durante a semana passada entre São Paulo e Paraty. Look de verão no inverno. O dia estava bem ensolarado e o look segurou bem o ventinho que estava no fim da tarde…adorei usar essa produção!

Shorts cintura alta Renner (R$19 na promô) • Blusa branca Zara • Bolsa Moss • Bota Zara. Calça YCKS • Camisa branca brechó da Igreja da Av. Tiradentes (Londrina) • Casaco Mixed Brechó Kalixto (São Paulo) •Slipper Marella • Bolsa Brechó da Igreja Catedral (Londrina). Chegando em São Paulo…o look da terça-feira é quase completamente da Zara.

Jegging Zara • Camiseta Zara • Cardigan Zara • Cinto sem marca • Bota Zara. Look bem parecido com o anterior…foi usado alguns dias depois.

Jegging Zara • Blusa Brechó • Casaco Basic • Bota Zara • Bolsa Longchamp (da sister!) Look da sexta-feira.

Shorts Renner (R$19 na promô) • Blusa Brechó (não lembro qual!) • Cardigan onça do Bom Retiro • Bota Zara • Bolsa Longchamp.

Curti demais usar o último look, e vocês, qual o preferido?

Naiá

New in: vestido floral

Não tem como sair ilesa indo em tantos brechós. No último final de semana, dei uma passadinha no brechó da Igreja São Francisco, em Paraty, e acabei encontrando um vestido bem fofo. Comprei. E decidi mostrar para vocês também.

Todo mundo sabe que meu estilo é bem básica, meio fashion victim e um pouco rocker. E sempre quis um vestido floral, mas que juntasse o girly com as características que eu gosto. Ainda não decidi se ele faz super meu estilo, mas comprei para ver se incorporo algumas peças mais românticas nos meus looks. Desconsiderem a falta de maquiagem e vamos lá…

Custou R$3.

E aí, meninas, acham que valeu a pena ou acham que eu deveria ter deixado por lá?

Naiá

 

Look do sábado

Fazia tempo que não aparecia um look do dia completo aqui, com mais fotos e detalhes, né? Enfim, saí no sábado aqui em Paraty e tirei fotos do que usei, com muitas coisas de brechó e saia fluida.

 

 

Saia Brechó Luxury (São Paulo)

Camiseta Zara

Cardigan Zara

Bolsa brechó UNIBES (São Paulo)

Bota Jolie Brechó (São Paulo)

Colar C&A

Curtiram o look? Naiá

Os looks da semana

Passei a semana inteira em São Paulo e não tem como negar que a cidade tem várias coisas que adoro: brechós, lojas bacanas e pessoas interessantes na rua. E mais: a companhia da minha irmã querida, o que mais posso querer? Perfeito!

Estava super frio mas só choveu um dia durante a semana e consegui aproveitar muito a cidade e fotografar quase todos os looks que usei.

Antes de ir pra São Paulo, no último dia de trabalho na Flip em Paraty.

Wet legging não lembro a marca (comprada no Shopping Royal de Londrina) • Camiseta Zara • Suéter cinza Zara • Jaqueta de couro OMK •  Bota cinza Zara

O look da terça-feira: maxi suéter listrado Renner • Shorts Brechó Lupércio Luppi • Meia Calça Lupo • Cachecol presente da irmã • Bolsa Longchamp • Bota (que não apareceu na foto) motorcycle Zara.

Look do jantar de quinta: Saia Zoomp (antiiiga) • Camiseta AC DC da marca Violeta  Skate Rock • Casaco Brechó Euromodas (Londrina) • Bolsa Brechó Irmã Scheila (Londrina) • Bota Santa Lolla do Jolie Brechó (São Paulo).

O look da sexta: Calça burgundy loja Sul Center (Londrina) • Trench Coat Basic • Bolsa Longchamp • Sneaker – sem salto – Orcade

Look do sábado: Suéter luréx Brechó da Adriana (Paraty) • Calça Zara • Bolsa Brechó UNIBES (São Paulo) • Óculos Ray Ban Brechó Boutique Vintage (São Paulo) • Bota Motorcycle Zara.

Gostaram? Naiá